para amantes da sociologia
blog de ciências humanas

Resumindo Indústria Cultural



Por Ana Flavia Maciel



O Que é a Indústria Cultural?



A Indústria cultural é o termo usado para designar um modo de fazer cultura, a partir da lógica da produção industrial. Significa que se passou a produzir arte com a finalidade do lucro na sociedade capitalista. Buscando sempre fabricar algo “novo”, o que podemos chamar de moda, como por exemplo, as vestes de uma sociedade, com novas marcas, novos cortes, novas cores. Na música: novos ritmos, mas os padrões básicos da linguagem musical se mantêm.



O termo indústria cultural nos remete a ideia de produção em série, comercialização e de lucratividade, características comuns ao sistema capitalista. Uma indústria produtora de jornais, livros, peças, filmes, enfim, das chamadas “mercadorias” culturais. Ou seja, a cultura torna-se, então, uma mercadoria nesse modo de produção no sistema capitalista.

           Somos induzidos a consumir o que a mídia nos mostra, como aquele refrigerante tão gelado num dia de verão, aquele tênis da última moda, aquele carro que você sempre sonhou. São diversas as opções que nos dão que ficamos encantados com tanta variedade. A Indústria cultural, utiliza-se através da música, do cinema, de jornais, de novelas, por exemplo, para expressar essa necessidade de consumo.

Conforme T. Adorno e M. Horkheimer, a indústria cultural reforça o caráter sempre igual das relações, a passividade diante da realidade, a ausência de crítica. Nenhum esforço intelectual é exigido do ouvinte ou telespectador, o que coloca os produtos da indústria cultural em evidente oposição às obras de arte, que requerem concentração e capacidade mental para sua compreensão e fruição.  

           
 No entanto, para W. Benjamin, a indústria cultural permitiu que a arte pudesse chegar ao conhecimento de todas as pessoas, perdendo assim o seu caráter único voltado somente para uma classe social, os que possuíam maior capital. É a partir dos meios de comunicação de massa, que a população que antes tinham pouco contato com o mundo fora do seu espaço, passa a ter maior acesso a diversas fontes de informações. Outro fato importante de se lembrar, é a aproximação entre diferentes culturas através dos meios tecnológicos, pois uma passa a ter conhecimento e acesso à cultura distintas.

CLICK SLIDES: Escola de Frankfurt


REFERÊNCIAS:

CAMPOS, Maria Teresa Cardoso. Telenovela brasileira e Indústria Cultural. In: <http://www.portcom.intercom.org.br/revistas/index.php/revistaintercom/article/viewFile/446/415>. Acesso em: 22/11/2015.
COELHO, T. O que é indústria cultural. São Paulo: Brasiliense, 1988
NÓBREGA, J. F. Introdução à Sociologia. Rio de Janeiro, 1965.
OLIVEIRA, P. S. Introdução à Sociologia. Ática. São Paulo, 2001.
TOMAZI, N. D. Iniciação à Sociologia. São Paulo: Atual, 1993Apostila Sigma Extensivo, 2010.
Indústria Cultural. Disponível em: <http://www.mundoeducacao.com/filosofia/industria-cultural.htm>. Acesso em 11/11/2015.
Indústria Cultural e Manutenção do Poder. Disponível em: <http://revistacult.uol.com.br/home/2011/02/industria-cultural-e-manutencao-do-poder/>. Acesso em 11/11/2015.

Nenhum comentário