para amantes da sociologia
blog de ciências humanas

Indústria Cultural: Sua História

COMO SURGIU A INDÚSTRIA CULTURAL?

Por Ana Flavia Maciel

Brevemente, podemos falar sobre o processo que levou ao surgimento do termo Indústria Cultural. Como já foi visto anteriormente, na virada do século XIX para o século XX, o mundo ocidental teve uma mudança no método de produção difundido por Henry Ford, um modo de produção em larga escala começou a se estender. Logo, os avanços tecnológicos possibilitaram o surgimento de novas formas de expressões artísticas e o estabelecimento de novas relações entre o público e a arte. 
As características básicas desse novo modelo socioeconômico que se impunha eram a urbanização, a industrialização e, principalmente, a criação e ampliação do mercado consumidor. Contudo, a burguesia comercial e a industrial se estabeleceram como a classe hegemônica nesse novo modelo, que levou ao crescimento das classes médias. Logo, esse novo público vai ser, então, conquistado pelo mercado em geral e, também, pelo mercado de bens culturais.
O fato que podemos destacar nesse período foi a multiplicação de jornais na Europa. Nesse tempo, os jornais divulgavam notícias, crônicas políticas e os chamados folhetins (que são precursores do romance e das novelas de tv atuais). A estória que os jornais publicavam nos rodapés de suas páginas vinham em capítulos, obrigando assim, o leitor a comprar o próximo exemplar para saber a continuação da trama. 


Com as populações camponesas que vinham à cidade, não era muito diferente. Elas chegavam às cidades e tinham que se adaptar ao seu ritmo alucinante. O lazer e a arte que elas praticavam na rotina do campo, passam agora a lhes ser oferecidos por profissionais que vivem exatamente da arte e do lazer: companhias de teatro, os circos, os balés, que a partir desse momento ocupam um espaço na divisão social do trabalho.
Neste contexto, surge pensadores e teóricos que vão abordar sobre as devidas mudanças ocorridas nesse período na Europa. Quem são eles? Para saber, click aqui!

REFERÊNCIAS:

CAMPOS, Maria Teresa Cardoso. Telenovela brasileira e Indústria Cultural. In: <http://www.portcom.intercom.org.br/revistas/index.php/revistaintercom/article/viewFile/446/415>. Acesso em: 22/11/2015.
COELHO, T. O que é indústria cultural. São Paulo: Brasiliense, 1988
NÓBREGA, J. F. Introdução à Sociologia. Rio de Janeiro, 1965.
OLIVEIRA, P. S. Introdução à Sociologia. Ática. São Paulo, 2001.
TOMAZI, N. D. Iniciação à Sociologia. São Paulo: Atual, 1993Apostila Sigma Extensivo, 2010.
Indústria Cultural. Disponível em: <http://www.mundoeducacao.com/filosofia/industria-cultural.htm>. Acesso em 11/11/2015.
Indústria Cultural e Manutenção do Poder. Disponível em: <http://revistacult.uol.com.br/home/2011/02/industria-cultural-e-manutencao-do-poder/>. Acesso em 11/11/2015.



Nenhum comentário