para amantes da sociologia
blog de ciências humanas

Atividade Analítica sobre os Movimentos Sociais

1. As universidades da Europa, EUA e América Latina foram tomadas por movimentos estudantis na década de 1960. A figura a seguir mostra um desses movimentos.



a) Considerando as informações fornecidas, identifique e descreva um elemento da imagem que caracterize os movimentos estudantis naquele período.

b) Discorra sobre um exemplo de movimento de contestação estudantil ocorrido no Brasil.
 
  2. Um protesto com mais policiais que manifestantes
O segundo protesto contra a Copa do ano em São Paulo foi marcado pela enorme presença policial, uma tropa de pelo menos 2.300 agentes, que superou ao número de manifestantes.
A marcha, com quase mil pessoas segundo a polícia e umas 3.000 segundo os manifestantes que a transmitiram o ato ao vivo pela internet, saiu da Praça da República, no Centro, por volta das 18h. Em apenas uma hora estourou a primeira bomba, lançada pela polícia. A intenção das forças de segurança de impedir atos de vandalismo acabou frustrando um protesto que começou de forma pacífica, com tambores, gritos contra os gastos excessivos na Copa, contra a brutalidade policial e a qualidade dos serviços públicos.
A polícia deteve um grupo de cerca de 50 manifestantes que foi obrigado a se sentar no chão e acabou rodeado por quatro fileiras de policiais com mais de uma centena de agentes. Depois foram levados, algemados, em vários ônibus até as delegacias da região. O número total de detidos chegou a 262 pessoas, entre elas seis jornalistas que cobriam a manifestação e um professor da Universidade de São Paulo (USP). Outras oito pessoas acabaram feridas, cinco deles policiais. (MARTÍN, María. Um protesto com mais policiais que manifestantes. El País. 23 fev. 2014. Adaptado. Disponível em: <http://brasil.elpais.com/brasil/2014/02/23/politica/1393111858_875595.html> Acesso em 24 fev. 2014).

A sociologia criada pelos pensadores clássicos da sociologia é útil para tentarmos compreender os eventos contemporâneos. Analise, a partir de algum sociólogo clássico (Marx, Weber ou Durkheim), a ação da polícia no tipo de manifestação popular apresentada na notícia.

3. Se os principais obstáculos à cidadania, sobretudo civil, eram a escravidão e a grande propriedade rural, o surgimento de uma nova classe operária urbana deveria significar a possibilidade da formação de cidadãos mais ativos. CARVALHO, José Murilo de. Cidadania no Brasil: O longo caminho. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2009, p. 57.

A partir dos seus estudos sobre movimentos sociais, responda:

a) Por que o autor faz uma relação entre o surgimento da classe operária urbana e a formação de cidadãos mais ativos?
b) Há algum autor ou teoria sociológica que ajuda a compreender essa relação?
 
 

4.   O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

            Art. 1º É assegurado o direito de greve, competindo aos trabalhadores decidir sobre a oportunidade de exercê-lo e sobre os interesses que devam por meio dele defender.
LEI Nº 7.783, DE 28 DE JUNHO DE 1989. Dispõe sobre o exercício do direito de greve, define as atividades essenciais, regula o atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade, e dá outras providências.
Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l7783.htm> Acesso em 22 mai. 2013.

A partir do documento acima e dos seus estudos de sociologia, responda:

a) O que é uma greve?

b) Existe alguma relação entre ela e a luta de classes evocada por Karl Marx? Por quê?


5. Greve é a cessação coletiva e voluntária do trabalho realizada por trabalhadores com o propósito de obter benefícios, como aumento de salário, melhoria de condições de trabalho ou direitos trabalhistas, ou para evitar a perda de benefícios. Por extensão, pode referir-se à cessação coletiva e voluntária de quaisquer atividades, remuneradas ou não, para protestar contra algo (de conformidade com a Consolidação das Leis do Trabalho – CLT). Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Greve>. Acesso em 27/06/2012.

A definição acima corresponde à forma como a greve é percebida socialmente. Entretanto, ela adquire um significado mais complexo a partir da análise sociológica. Levando em conta a abordagem marxista, explique o fenômeno da greve a partir da noção de luta de classes.


6. Esta enorme centralização, este amontoado de 2,5 milhões de seres humanos num único sítio, centuplicou o poder destes 2,5 milhões de homens. Ela elevou Londres às alturas de capital comercial do mundo, criou docas gigantescas e reuniu milhares de barcos, que cobrem continuamente o Tâmisa. [...]
Depois de pisarmos, por uns quatro dias, as pedras das ruas principais, depois de passar a custo pela multidão, entre as filas intermináveis de veículos e carroças, depois de visitar os “bairros de má fama” desta metrópole – só então começamos a notar que esses londrinos tiveram de sacrificar a melhor parte de sua condição de homens para realizar todos os milagres da civilização de que é pródiga a cidade, só então começamos a notar que mil forças neles latentes permanecem inativas e foram asfixiadas para que só algumas pudessem desenvolver-se mais e multiplicar-se mediante a união com as outras.

ENGELS, F. A situação da classe trabalhadora na Inglaterra. São Paulo: Boitempo, 2008, p. 67-68.

a) Explique a relação existente entre o crescimento das cidades industriais e a emergência de conflitos de classe.

b) Quais foram as principais formas de luta e as principais reivindicações do movimento operário no século XIX?



7. Sindicato se reúne com GM para negociar metas

O Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano, junto ao Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, se encontram hoje, às 8h, em Guarulhos, com representantes da GM (General Motors), que mantém unidades fabris nas duas cidades. O motivo do encontro é negociar a PLR (Programa de Participação nos Lucros e Resultados) e definir a meta de produção deste ano.
O que for discutido hoje será levado para assembleia com os 12,5 mil funcionários de São Caetano, até quinta-feira. MARIN, Tauana. Diário do Grande ABC. 21 mai. 2013. Adaptado. Disponível em: <http://www.dgabc.com.br/Noticia/457195/sindicato-se-reune-com-gm-para-negociar-metas> Acesso em 22 mai. 2013.

A notícia acima faz referência a uma negociação entre dois sindicatos de metalúrgicos e representantes da empresa General Motors. O que é um sindicato? Qual a sua função?



Imagem para questões 8 e 9.

8. Durante o mês de junho de 2013, uma série de manifestações ocorreu no Brasil pela redução das tarifas do transporte público. O cartaz acima defende a ideia de que tais movimentos são, em última instância, uma demanda por acesso a direitos.
Essa demanda é por direitos de cidadania formal ou real? Justifique sua resposta.


9. Em junho de 2013, houve em diversas cidades do país manifestações pela redução das tarifas de transporte público, além de outras reivindicações. Tais manifestações ficaram famosas com o nome de “Jornadas de Junho”. Questionado sobre esse tipo de fenômeno, o sociólogo Manuel Castells respondeu:

“Todos estes movimentos, como os movimentos sociais na história, são, sobretudo, emocionais. Não são pontualmente reivindicativos. Não é o transporte. Em algum momento, há um fato que provoca a indignação – por isso, meu livro se chama REDES de indignação e esperança – provoca a indignação e, então, ao sentir a possibilidade de estarem juntos, ao sentir que há muitas pessoas que pensam o mesmo fora do âmbito institucional, surge a esperança de fazer algo diferente. O quê? Não se sabe. Mas, com certeza não é o que está aí. Certamente, é outra coisa. Porque, o fundamental, recordo-lhes, é que os cidadãos, em sua grande maioria, não se sentem representados pelas instituições democráticas.” (Fronteiras. Manuel Castells analisa as manifestações em São Paulo. Disponível em: http://www.fronteiras.com/canalfronteiras/entrevistas/?16%2C68 Acesso em 14 ago. 2013)

Tendo em vista o argumento acima, responda:
a) Há alguma relação entre as Jornadas de Junho e os movimentos de estudantes e jovens da atualidade? Por quê?

b) Como é possível observar a relação da juventude com as manifestações e movimentos sociais que tem se desenvolvido nos últimos anos?



10. Os movimentos feministas contemporâneos abraçaram várias causas, dentre as quais destacam-se as questões envolvendo a situação de dominação da mulher pelo homem. Em que consiste essa dominação e em que campos ela é mais visível?



11. O dia 8 de março é dedicado à comemoração do Dia Internacional da Mulher. Atualmente tornou-se uma data um tanto festiva, com flores e bombons para uns. Para outros é relembrada sua origem marcada por fortes movimentos de reivindicação política, trabalhista, greves, passeatas e muita perseguição policial. É uma data que simboliza a busca de igualdade social entre homens e mulheres, em que as diferenças biológicas sejam respeitadas mas não sirvam de pretexto para subordinar e inferiorizar a mulher. BLAY, EVA ALTERMAN. 8 de março: conquistas e controvérsias. Rev. Estud. Fem.[online]. 2001, vol.9, n.2, p. 601.  Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?...=iso> Acesso em 28 mar. 2013.

Apesar de ser um dia que possui forte intenção política, o Dia Internacional da Mulher tem sido constantemente apropriado de forma essencialmente comercial, sem qualquer significado político. Sociologicamente, o que explica esse tipo de “esvaziamento de significado”?
 


12.  A construção da usina de Belo Monte na Amazônia tem sido motivo de disputas judiciais entre Indígenas, organizações não governamentais e o governo brasileiro. Para o governo, a construção da hidrelétrica será uma forma de acelerar o desenvolvimento da Amazônia e da Região Norte do país. Segundo as ONGS e os Indígenas, a usina trará prejuízos para os povos indígenas que habitam a região e para a fauna e a flora amazônicas. Do ponto de vista da Sociologia, como se explica a relação entre progresso e meio ambiente?
 


13.  Em muitos países em processo de industrialização, principalmente da América Latina, os grupos ambientalistas têm se multiplicado e se dedicado – para além da observação dos pássaros, da proteção das florestas e despoluição do ar – a uma série de outras causas, situando o movimento ambientalista em um cenário bastante amplo de direitos e reivindicações.
Nos anos 1990, uma série de questões socioambientais, principalmente nas cidades, passou a integrar a pauta do movimento ambientalista cada vez mais diversificado.

Apresente algumas dessas questões sociais e ambientais mais amplas que levam a uma queda da qualidade de vida urbana e que são tratadas por esses movimentos.
 


14. Para Boudon (Tratado de Sociologia, 1995), um movimento social é “um empreendimento coletivo de protesto e de contestação que visa impor mudanças, de importância variada, na estrutura social e/ou política através do recurso frequente, mas não necessariamente exclusivo, a meios não institucionalizados”.

A partir de tal definição, analisar o Movimento dos Sem-Terra no Brasil, identificando:

a) Os atores que promovem o protesto e a contestação.
b) As mudanças propostas.
c) As estratégias utilizadas.



15. Movimentos sociais são formas de organização coletiva que apresentam uma ideologia expressa na identidade do grupo, que conflita com a ideologia de outros grupos ou com a ideologia predominante na sociedade.

Essa definição pode ser inferida nas bandeiras dos movimentos sociais brasileiros denominados de Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST).

   

Com base na explicação sobre movimentos sociais, identifique

a) um elemento identitário comum aos movimentos MST e MTST.

b) uma característica ideológica comum presente no MST e MTST. 

2 comentários:

  1. O gabarito das questões será divulgado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! O gabarito não será divulgado por este blog. Meus alunos, assim como os de outros professores tem acesso a esse material, portanto não é possível colocá-lo online. Contudo, o principal critério de análise de questões abertas, como essas, é a capacidade de interpretação e argumentação do estudante, mostrando ser capaz de articular teoria e prática. Para maiores dúvidas, envie um email para prof.modenuti@gmail.com.

      Excluir